Ocorreu um erro neste gadget

7 de dezembro de 2011

Eis-me aqui

Derreado pelo tempo de labuta
Afadigo-me ainda, por um tempo.
 
Não sei por que ainda me apoquento
se um dia, talvez breve, acaba a luta.

Se o Senhor me chama, eis-me aqui, pronto
Mesmo com a tarefa incompleta.
Quanto tempo eu gastei, como um tonto
Ao invés de cumprir a minha meta.

Agora, ainda é dia, vou falar
Da salvação em Cristo, o meu Senhor
Hinos de louvor eu vou cantar
Contar do Evangelho de amor.

Falar de alguém que um dia, numa cruz
Mesmo sendo Deus, se entregou
E ali, no meu lugar, o bom Jesus
A sua grande obra completou.

Eu sei, sou salvo, com certeza.
Não vivo mais eu para o pecado.
Jesus Cristo mudou minha natureza
Pelo Espírito Santo fui “carimbado”.

Agora, é viver em alegria,
Vivendo a cada, sem temor
Pregar o Evangelho, enquanto é dia.
Ansiando pela volta do Senhor

Elio
07/12/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixo claro que:

Ocorreu um erro neste gadget

Quando me ponho a pensar, logo penso em pescar.

Mas é bom pescar,
pois, enquanto pesco, dá para meditar.
Sentir o peixe pegando,
sentí-lo comendo a isca...
É um prazer maravilhoso,
Sei que não há quem resista.
No final do dia, cansado, com vários peixes no covo,
já estou desestressado, pronto pro trabalho, de novo.


><> ~~~~~~ <><